fbpx
Siga-nos:

HomeNossas DicasDicasEstratégias de motivação para impulsionar a produtividade da equipe

Estratégias de motivação para impulsionar a produtividade da equipe

Motivar e gerir uma equipe pode ser um desafio para líderes e gestores. Sim, a busca por meios que impulsionem a produtividade e o engajamento dos colaboradores é uma das prioridades em ambientes de trabalho dinâmicos. Por isso, vamos falar sobre estratégias de motivação.

Estar motivado é algo que leva ao aumento da eficácia e todos saem ganhando quando há recompensas e o desempenho é valorizado.

É muito importante manter a satisfação dos membros da equipe e estimular o desenvolvimento de soft skills, porque isso influencia o sucesso da organização como um todo e os colaboradores se sentem mais confiantes.

Então, quer saber quais são as técnicas de motivação? Continue lendo!

estratégias de motivação

8 estratégias de motivação para ter mais produtividade na equipe

Saber como motivar a equipe envolve diversas questões, como estabelecer metas, criar um ambiente de confiança, dar atenção à comunicação interna, estimular a autonomia da equipe, entre outras. Confira.

1. Estabeleça metas

Entre as estratégias de motivação nas empresas, estabelecer metas é uma das formas de aumentar a produtividade da equipe. Uma maneira de colocar em prática é por meio da técnica SMART. O acrônimo significa: Específico, Mensurável, Atingível, Relevante e Temporal.

Na prática, um exemplo seria: “aumentar as vendas em 15% nos próximos seis meses”. Isso significa que a meta deve ser claramente definida, quantificável, alcançável, relevante e ter um prazo definido para o alcance dos objetivos.

Dessa forma, as equipes têm uma direção clara, podem medir o progresso e são mais propensas a alcançar os resultados previstos.

2. Criação de um ambiente de confiança

O que é estratégia motivacional se não existe um ambiente de confiança? Ao trabalhar em equipe, é preciso construir pontes e não muros. A confiança gera um senso de segurança psicológica entre os membros. Por conseguinte, eles se sentem à vontade para expressar suas ideias e colaborar proativamente.

Quando os líderes demonstram confiança na equipe, os funcionários se sentem valorizados e capacitados. Além disso, serve para promover a transparência e a comunicação aberta. Tudo isso ajuda a desenvolver uma cultura organizacional favorável.

Essa atmosfera de colaboração contribui positivamente para que as decisões sejam pautadas pela inteligência emocional, levando a um ambiente de trabalho mais harmonioso.

3. Ter um ambiente de trabalho agradável e confortável

Entre as estratégias de motivação, um ambiente confortável promove o bem-estar dos funcionários, reduzindo o estresse e a fadiga.

Isso inclui aspectos como a ergonomia do espaço de trabalho, a iluminação adequada, a temperatura agradável e a disponibilidade de áreas de descanso nos intervalos.

A Teoria dos Dois Fatores de Herzberg, proposta por Frederick Herzberg, sugere que existem duas questões que influenciam a motivação dos colaboradores.

Os “fatores de higiene” estão relacionados ao ambiente de trabalho e às condições físicas que podem causar insatisfação se forem inadequadas, como salários, políticas da empresa, relacionamento com colegas, segurança do local de trabalho, entre outros.

Por outro lado, os “fatores motivacionais” estão ligados a reconhecimento, responsabilidade, oportunidades de crescimento e desenvolvimento profissional.

4. Dê atenção à comunicação interna

Dentro de um plano de ação para motivar equipes, a comunicação interna eficaz promove o alinhamento de objetivos e a coesão entre os membros da equipe. É como colocar as cartas na mesa para que todos se sintam à vontade com os desafios, e não intimidados.

Quando a comunicação é clara e aberta, os funcionários se sentem mais conectados com a visão e os valores da empresa. Além disso, serve para garantir que as informações sejam compartilhadas de forma oportuna, evitando mal-entendidos, conflitos e retrabalho.

Ao considerar essas estratégias de motivação, cria-se um ambiente propício para a colaboração e a resolução de problemas, o que resulta em uma equipe mais coesa.

5. Motive os colaboradores verbalmente

Sobre essa questão, é interessante entender a diferença entre motivação intrínseca e extrínseca, que reside na fonte do estímulo.

A motivação intrínseca é impulsionada por fatores internos e individuais, como a vontade de realizar uma tarefa, o senso de realização pessoal ou o desejo de aprender, sem um estímulo externo.

Por outro lado, a motivação extrínseca é derivada de recompensas externas, como salários, bônus, reconhecimento ou promoções. Nesse sentido, motivar os colaboradores verbalmente é uma forma de estimular a motivação extrínseca, ao oferecer feedbacks positivos ou construtivos.

Ambos os tipos de motivação desempenham papéis importantes no ambiente de trabalho, e equilibrar esses fatores pode contribuir para uma equipe mais motivada.

6. Dê recompensas pelo bom desempenho

A Teoria da Expectativa de Vroom, proposta por Victor Vroom, é uma das estratégias de motivação utilizada pelas empresas.

Ela sugere que a motivação para agir em determinada direção é influenciada pela expectativa de que o esforço resultará em um bom desempenho, que será recompensado.

Também considera  o valor que o indivíduo atribui à recompensa. Ou seja, as recompensas devem ser percebidas como positivas pelos colaboradores.

estratégias de motivação

7. Crie tarefas colaborativas

A dinâmica para motivar equipe com tarefas colaborativas promove um senso de pertencimento e cooperação. Assim, o time se sente como parte de algo maior e as pessoas percebem que são valorizadas pelo trabalho conjunto.

Além disso, a colaboração permite compartilhar habilidades e conhecimentos, o que pode levar a soluções mais criativas e acertadas quando enfrentam algum contratempo.

Desse modo, a sensação de contribuir para um objetivo comum e ver os resultados do esforço coletivo contribuem para impulsionar a produtividade.

8. Incentive a autonomia dos funcionários

Incentivar a autonomia da equipe significa permitir que os funcionários proponham e implementem novas iniciativas ou projetos relacionados ao trabalho. É uma maneira de empoderar a equipe e abrir canais para o crescimento.

Desse modo, os funcionários têm a liberdade de escolher suas próprias abordagens para alcançar metas específicas, permitindo-lhes tomar decisões sobre como realizar tarefas e resolver problemas.

Isso não apenas promove um ambiente de trabalho mais motivador, mas também pode resultar em soluções inovadoras para os desafios enfrentados pela empresa.

Um exemplo de como isso pode ser realizado é por meio de um brainstorming em equipe. Reunir membros do time com diferentes perspectivas, experiências e conhecimentos pode levar a uma ampla variedade de ideias.

O motivo é que ele encoraja a expressão livre, facilita a construção de consenso e engajamento coletivo, de modo que os colaboradores se sintam motivados pelo fato de contribuírem com suas percepções.

Então, gostou deste conteúdo? Agora você já sabe mais sobre as estratégias de motivação e como utilizá-las em sua equipe para melhorar a produtividade.

Aproveite para conhecer o CRM da Widesys, que permite integrar diferentes departamentos e setores da empresa, evitando falhas de comunicação interna!

Deixe um comentário

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *

Ligamos para você!

Informe seus dados de contato para receber a ligação

Precisamos saber se você é um humano!

Não vá embora antes de saber disso!

Você pode nos chamar no WhatsApp para: