Como fazer um contrato de locação de imóveis

O contrato de locação de imóveis é a garantia entre proprietário e inquilino do bom cumprimento de deveres e obrigações. Ele serve para tornar a vida do cliente mais fácil, e com isso, a do corretor um pouco mais corrida.

Ele exige conhecimento de mercado, paciência e muito estudo. Mas, quando finalizado e acordado entre as partes, significa a garantia de que tudo ocorrerá bem a partir dali.

E, assim como a clareza do contrato de locação de imóveis é a chave para o sucesso do corretor, que facilitará a vida do cliente, a falta de informações e cláusulas abusivas, podem se transformar em uma dor de cabeça sem precedentes.

Por isso, é de fundamental importância que o contrato de locação de imóveis seja claro, objetivo e de comum acordo com ambas as partes envolvidas.

Existem algumas exigências a serem feitas, e se você ainda não sabe quais são elas, continue com a leitura para descobrir.

Preze pelo cuidado e atenção nas escolhas

Contratos são peças fundamentais e indispensáveis para a validação de transações. Eles tornam o acordo entre as partes envolvidas, legal, e garante que tudo ocorre como previamente acordado, e caso isso não aconteça, prevê a melhor maneira de manter a ordem com multas, por exemplo.

É assim que o corretor precisa enxergar contratos de locação de imóveis: Como uma grande parte da solução dos problemas dele, e do cliente.

Com cláusulas bem explicadas e que garantem os direitos e deveres do cliente e do inquilino, o corretor consegue intermediar dois interesses ao mesmo tempo, oferecendo o melhor para ambas as partes.

Possíveis erros e más interpretações podem causar grandes problemas para os envolvidos e uma grande dor de cabeça para o corretor, que pode acabar caindo em descrédito.

Por isso, é muito importante que seja feita toda a análise do contrato de locação de imóveis com base nas informações de mercado e expectativa do cliente.

Iniciando a criação do seu contrato

Agora que você já sabe da importância do estudo de mercado e da avaliação dos termos que virão a ser colocados no contrato de locação de imóveis, fique atento ao que é indispensável:

Dados pessoais:

Assim como no contrato de compra e venda de imóveis, e como em qualquer outro documento oficial, é indispensável que estejam dispostos os dados pessoais das partes envolvidas. Nesse caso, é fundamental que locador e locatário apresentem: Nome completo, número do RG e CPF, nacionalidade, estado civil, contatos e etc. Também é fundamental que esteja explicitado quem é o proprietário e quem está alugando o imóvel, para que não haja possíveis problemas com nomes iguais, por exemplo.

Termo de vistoria:

Ele garante a avaliação do imóvel e a conservação do mesmo no momento que ocorre a locação. Também pode ser feito à parte do contrato e pode dar ao locador, a garantia de receber o imóvel como foi entregue. Isso é muito importante em casos que o locatário devolve o imóvel com danos, podendo o proprietário comprovar que na avaliação, o estado era diferente através de fotos e o próprio termo de vistoria em si.

Valor completo do aluguel e possíveis taxas de reajuste:

Coloque sempre as formas de recebimento do aluguel, como depósito bancário ou transferência, por exemplo. Escreva os valores sempre por extenso e em números e estabeleça data para o pagamento, com possíveis valores de mora (multa por atraso). O reajuste anual precisa conter uma cláusula específica com correção monetária e valores a cada 12 meses. E, para entender melhor sobre esse tipo de legislação, procure mais sobre a Lei do Inquilinato e o que ela diz sobre despejo e condições de pagamento.

Descrição completa das despesas:

Descreva nessa parte todas as despesas que passarão a ser da responsabilidade do locatário, como IPTU, água, luz e condomínio, entre outras possíveis. Crie também uma cláusula relacionada a manutenção do imóvel. No caso do condomínio, explicite a razão pela qual o valor é pago, citando todos os locais e atividades onde esse dinheiro é investido.

Formas de garantir o pagamento:

Seguro fiança:

Se trata de uma apólice contratada por uma seguradora, normalmente a pedido do fiador. Para o locatário, é uma opção mais cara, pois ele pagará o valor das parcelas do seguro, mas sem receber ressarcimento depois.

Garantia de locação:

Ou, como também pode ser chamado, de caução. Ele é uma prévia, como uma garantia de que o locatário irá realmente se mudar. Dessa forma, ele pagará alguns meses antes de aluguel e o que mais estiver no acordo, como condomínio e água, por exemplo. Se em algum momento, o inquilino faltar com o compromisso, esse valor é descontado para que não haja complicações. E, se ao final do contrato, nenhum valor tiver sido descontado, ele pode ser ressarcido.

Fiador:

É a pessoa que será responsável, caso o locatário não arque com as despesas e fique inadimplente. O fiador precisa ter um imóvel de valor igual ou superior ao do que está sendo alugado.

Multa rescisória de quebra de contrato:

Normalmente, o valor gira em torno de três meses de aluguel, mas é importante que seja feito o acordo entre as partes para ser estipulado um valor fixo em caso de desistência de contrato antes do previsto.

Período de vigência do contrato de locação:

É o tempo em que locador e locatário pretendem estar com o negócio fechado, ou seja, por quanto tempo esse contrato valerá. A maioria dos contratos de aluguel duram em torno de 30 meses, mas isso pode ser acordado para mais ou para menos, a depender da disposição de locador e locatário.

Assinaturas:

Para que tudo isso se torne um documento legal e oficial, você precisa recolher todas as assinaturas necessárias, com todos os documentos exigidos.

Leia e releia quantas vezes necessário e lembre-se: Contratos e serviços bem feitos, atraem sempre novos clientes e fazem o seu negócio crescer muito mais!

Contrato de locação de imóveis

Fazer um contrato pode até demandar tempo e concentração, mas com o tempo, muitas das cláusulas farão parte do seu dia a dia, tornando o trabalho bem menos puxado.

Uma dica é investir em um software de gestão de contratos de locação, no qual você configura seu modelo de contrato e tem sempre a garantia de estar imprimindo um contrato completo e com todas as informações necessárias.

Lembre-se também, invista em atenção e transparência e tenha uma carreira de sucesso por anos!

Leave a Comment

Your email address will not be published.

You may use these HTML tags and attributes: <a href=""> <abbr> <acronym> <b> <blockquote cite=""> <cite> <code> <del datetime=""> <em> <i> <q cite=""> <strike> <strong>

Entre em contato conosco