fbpx
Siga-nos:

HomeNossas DicasDicasSeguro incêndio na locação: É obrigatório? E quem deve pagar?

Seguro incêndio na locação: É obrigatório? E quem deve pagar?

Ter um seguro incêndio aluguel é essencial para que você evite despesas inesperadas caso aconteça um incêndio em seu imóvel.

Às vezes alguns imprevistos acontecem contra a nossa vontade. Por exemplo, esquecer a panela no fogo ou mesmo uma criança que resolva acender um fósforo em um local inapropriado se estiver brincando no tapete ou no sofá.

O seguro apresenta muitas vantagens e traz proteção e segurança aos inquilinos, que poderão dispor de diversos serviços caso ocorra algum dano.

Para saber mais detalhes, continue lendo.

seguro incêndio em residencia

Seguro incêndio aluguel: como funciona

Quando acontece algum incêndio, é claro que o instinto de sobrevivência prevalece e as pessoas precisam sair do local deixando para trás todos os bens.

Porém, além do trauma que este evento causa, há outros problemas que surgem após o incêndio.

Nesse sentido, o seguro incêndio serve para trazer proteção ao imóvel caso algum dano decorrente de fogo ou chamas, seja por explosões ou raios.

É muito importante contratá-lo, porque muitas vezes os danos causam até mesmo perda do imóvel.

Além disso, ele cobre prejuízos causados, por exemplo, por questões estruturais quando acontecem acidentes.

Há diversas opções de cobertura e o inquilino ou o proprietário podem optar pelo que considerarem ideal.

De qualquer modo, é um investimento cujo valor é menor em relação ao que você gastaria se não contratasse um seguro em caso de incêndio.

Existem alguns planos que cobrem também o aluguel por certo prazo até que os reparos sejam concluídos.

Seguro incêndio aluguel: quem paga?

Afinal, de quem é a responsabilidade do seguro incêndio?

Antes de responder a essa pergunta, é importante saber que ele é obrigatório para quaisquer imóveis alugados.

E o que diz a Lei do Inquilinato sobre seguro incêndio? A lei prevê que os espaços comerciais e residenciais precisam de um vínculo com alguma seguradora.

E ela estabelece que o proprietário do imóvel é o responsável pelo pagamento do seguro de incêndio.

No entanto, muitas vezes essa responsabilidade fica por conta do inquilino quando há previsão em contrato.

Mas qual o valor seguro incêndio aluguel?

O valor varia de acordo com a seguradora, mas em geral corresponde a menos de 20% do valor do aluguel e tem validade de um ano.

O que o seguro de incêndio cobre?

O que o seguro cobre varia de acordo com o plano escolhido na corretora. Costuma haver cobertura para:

  • Incêndio em prédio
  • Ocorrência de raios
  • Explosões
  • Danos elétricos
  • Impacto de veículos ou aeronaves
  • Perda de aluguel

No caso da perda de aluguel, ele serve para os casos em que o imóvel se torna inviável para uso, em razão dos danos ocorridos.

Consequentemente, o locador continua recebendo as parcelas totais do aluguel por um certo prazo.

Existe também a possibilidade de ampliar a cobertura do seguro incêndio aluguel. Por exemplo, quando há vendavais, ciclones e, também, se houver furto.

Vantagens do seguro incêndio

Existem diversos benefícios em contratar um seguro incêndio. Com ele você terá economia de recursos e não enfrentará problemas maiores caso algum dano aconteça em seu imóvel. Confira abaixo algumas das vantagens.

Proteção do imóvel

O seguro incêndio aluguel pode cobrir reparos  hidráulicos, elétricos ou na pintura. Além disso, há planos que cobrem também a hospedagem do morador em outro local caso seja necessário reparar danos à estrutura.

É interessante destacar que, se houver algum processo judicial, em caso de negligência do morador para a ocorrência do incêndio, pode haver uma decisão no sentido de ele pague pelos danos.

Por sua vez, se o incêndio aconteceu devido a algum problema na rede elétrica, por exemplo, o locador será o responsável por arcar com os prejuízos e, também, por custos como hospedagem do locatário.

Em ambas as situações, o seguro incêndio ajuda a reduzir grande parte das despesas.

[smartslider3 slider=”2″]

Proteção de áreas comuns

Em algumas situações, pode haver proteção de áreas comuns, como espaços de lazer, garagens, jardins e portarias.

Normalmente a garantia está prevista no contrato do seguro realizado com a administração do condomínio.

Como já dissemos, a contratação do seguro é obrigatória. Cabe aos moradores conferir com a empresa administradora ou com o síndico se o direito está previsto ao alugar o imóvel e se o serviço é disponibilizado devidamente.

Reembolso de bens materiais

A seguradora pode fazer também o reembolso de bens materiais que foram perdidos no incêndio. Para isso, essa informação precisa estar prevista em contrato. 

Logo, é sempre bom pesquisar entre diferentes seguradoras quais oferecem essa opção, para que você possa avaliar o melhor custo-benefício do seguro incêndio aluguel.

Segurança e vigilância

Se acontecer algum evento com previsão em contrato, existe também a possibilidade por parte de algumas empresas de incluir serviços de vigilância e segurança.

Por exemplo, se o morador passar por uma situação de incêndio, é necessário deixar o local e os bens materiais o mais rápido possível.

Com a opção de serviços de segurança no seguro, evita-se que haja roubo de seus pertences após a saída do imóvel.

Ou seja, se houver bens como eletrodomésticos, itens eletrônicos, joias e outros que não sofreram danos, eles poderão ser recuperados.

Além disso, a vigilância serve para proteção em caso de desmoronamento. O ambiente ao redor será isolado com faixas, para impedir que os moradores entrem para resgatar bens se houver risco à vida.

Tranquilidade

Embora ninguém goste de imaginar que um incêndio possa acontecer no local em que moramos, é sempre bom se prevenir, pois imprevistos surgem sem que tenhamos total previsibilidade.

Como contratar o seguro incêndio?

A aquisição do seguro incêndio é feita pela imobiliária, que faz a sua contratação por meio de uma corretora de seguros. Mas esse processo pode ser complicado até mesmo para as imobiliárias. Antigamente, levavam dias para a imobiliária conseguir contratar a proteção contra Incêndio.

Uma das melhores formas de facilitar e agilizar esse processo é utilizando um software de gestão imobiliária. A Widesys, por exemplo, é uma plataforma de gestão bastante completa. Além de facilitar a contratação do seguro incêndio diretamente pelo software, ela também faz a gestão de todos os processos da imobiliária, como o controle de contratos, emissão de boletos, reajuste de aluguéis, e muito mais.

A partir de agora, quem é cliente Widesys, pode fazer a contratação do Seguro Incêndio diretamente no sistema. Sem burocracia e sem perda de tempo.

Aproveite para ler outros artigos do nosso blog!

Deixe um comentário

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *

Ligamos para você!

Informe seus dados de contato para receber a ligação

Precisamos saber se você é um humano!

Não vá embora antes de saber disso!

Você pode nos chamar no WhatsApp para: