fbpx
Siga-nos:

HomeNossas DicasDicasComo lidar com a inadimplência imobiliária? Confira algumas dicas!

Como lidar com a inadimplência imobiliária? Confira algumas dicas!

Saber como lidar com a inadimplência imobiliária é um desafio para os que atuam no setor de locação ou de venda de propriedades.

De acordo com a CNN, a inadimplência de financiamentos imobiliários para pessoas físicas está em queda desde fevereiro deste ano. A queda foi de 1,9 ponto percentual para 1,5 nos cinco meses seguintes.

Apesar disso, a preocupação com o não pagamento das obrigações financeiras está sempre presente em qualquer negócio, principalmente em momentos de crise.

Para entender melhor a questão, leia até o final este artigo para esclarecer suas dúvidas.

como diminuir a inadimplência imobiliária

O que é inadimplência imobiliária

A inadimplência imobiliária ocorre no momento em que o inquilino ou o proprietário deixam de fazer o pagamento relacionado ao imóvel.

Ou seja, pode se referir a um pagamento em atraso no caso de financiamentos ou outras despesas como deixar de pagar o condomínio.

Dessa forma, o descumprimento do contrato afeta o fluxo de caixa de uma imobiliária.

Consequentemente, influencia até mesmo o quão sustentável um negócio se torna no médio e longo prazo.

Qual é a responsabilidade imobiliária para inquilino inadimplente?

Afinal, quando o inquilino não paga a imobiliária tem que pagar?

Se o inquilino estiver inadimplente por não cumprir as obrigações de aluguel, por exemplo, em geral a imobiliária não tem a responsabilidade pelo pagamento. O mesmo vale para valores condominiais ou tributos.

Mas o contrato de locação com inadimplência não pode responsabilizar a imobiliária?

A exceção ocorre nos seguintes casos:

  • quando há previsão no contrato, o que não costuma acontecer;
  • se houver provas de que a imobiliária não cumpriu deveres do contrato.

Logo, apenas nesses casos a imobiliária pode ser responsabilizada por inadimplência do inquilino.

E o que fazer quando a imobiliária não cumpre o contrato?

Em tal hipótese a administradora será responsável, inclusive segundo decisão do STJ, REsp 1103658/RN de 2013:

“A administradora de imóveis figura como mandatária do proprietário do bem para, em nome deste, realizar e administrar a locação, nos termos do art. 653, do Código Civil, obrigando-se a indenizar o mandante por quaisquer prejuízos advindos de sua conduta culposa (art. 667 do mesmo diploma legal).

Por outro lado, não cabe à imobiliária que agiu diligentemente a responsabilidade pelo pagamento de aluguéis, cotas condominiais ou tributos inadimplidos pelo locatário – ressalvadas as hipóteses de previsão contratual nesse sentido.”

Como diminuir a inadimplência imobiliária

Você já deve saber o que acontece se o inquilino não pagar o aluguel. Normalmente é realizado o pedido de despejo após 60 dias de atraso e pode haver necessidade de entrar na Justiça ou buscar por meios extrajudiciais de resolução.

Para evitar problemas de não pagamento às imobiliárias, a empresa pode adotar algumas estratégias que vão tornar a gestão mais eficaz. Confira abaixo o que fazer.

Saber escolher os clientes

Em momentos de crise financeira, muitos negócios se tornam vulneráveis. No entanto, alguns clientes são mais propensos à inadimplência, em especial os que possuem muitas dívidas no mercado.

Nem sempre é tão simples diferenciar os bons dos maus pagadores, mas as empresas podem avaliar, por exemplo, a situação do Score. Se a pontuação for maior que 700, é um bom sinal.

Fazer a análise de crédito do cliente é a primeira fase antes de fechar um contrato. Existe o perigo de os corretores quererem fechar um negócio e pularem etapas.  Logo, tenha cuidado para não se precipitar!

Utilizar software de gestão

Este ponto é de alta relevância para entendermos como lidar com a inadimplência imobiliária.

O uso de softwares específicos para imobiliárias contribui consideravelmente para gestão de cobranças, pois é possível administrar o controle sobre os pagamentos em aberto.

Além disso, você poderá enviar notificações automáticas aos clientes e terá um controle mais preciso sobre os procedimentos internos e externos.

Ofereça negociações

Se o cliente da sua imobiliária está com dificuldades em pagar uma dívida, proponha negociações, inclusive com descontos ou a possibilidade de parcelamentos e alteração de prazos.

Vale mais a pena ter um acordo sobre um pagamento futuro do que esperar simplesmente que um pagamento seja quitado. Desse modo, todos saem ganhando.

Acesso aos boletos

Ao contrário do que se possa imaginar, muitos inadimplentes não fazem o pagamento por não terem acesso aos boletos.

Portanto, uma maneira de evitar o problema é enviar para o e-mail do cliente o boleto antes da data do vencimento. Se já houver vencido, é possível também enviar por correio eletrônico mensagens para lembrá-lo da dívida.

Além disso, se a sua imobiliária dispõe de uma plataforma, o acesso ao boleto e a outros documentos, a exemplo do contrato, poderá acontecer de forma mais rápida.

[smartslider3 slider=”2″]

Lembretes por SMS ou Whatsapp

O envio de lembretes pelo celular é bastante útil também para driblar a inadimplência imobiliária.

As pessoas estão o tempo todo com seus smartphones. Então, muito dificilmente vão deixar de ver uma mensagem de cobrança.

Uma dúvida que pode surgir é: imobiliária avisa fiador de inadimplência? Sim, caso o inquilino esteja em falta com as obrigações e não puder arcar com os compromissos, a imobiliária poderá avisar o fiador.

Mantenha um bom relacionamento com o cliente

Ter uma boa relação com o cliente também evita riscos de não pagamento. Se o cliente não está satisfeito, por exemplo, com o atendimento que recebe, aquela dívida poderá não se tornar prioridade em relação a outras.

Sem contar que um bom relacionamento cria novas oportunidades de negócios, pois aquele cliente poderá indicar sua imobiliária a amigos ou conhecidos.

Cobrança integrada

A cobrança integrada é aquela que ocorre de forma concomitante para aluguel, IPTU e condomínio. Existe essa opção pela lei, de forma que a imobiliária cobre esses valores em um boleto.

Ter uma gestão imobiliária eficaz

A boa gestão imobiliária vai permitir que a empresa saiba lidar com imprevistos caso aconteçam. Inclusive, é a própria gestão que poderá ser o grande diferencial para salvar um negócio caso haja dificuldades.

Agora você já sabe como lidar com a inadimplência imobiliária.

Visite a página inicial da Widesys e conheça nosso software de gestão exclusivo para o setor de imóveis!

Deixe um comentário

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *

Ligamos para você!

Informe seus dados de contato para receber a ligação

Precisamos saber se você é um humano!

Não vá embora antes de saber disso!

Você pode nos chamar no WhatsApp para: