Vistorias através de aplicativo, já ouvir falar?

Bom, o imóvel foi adquirido e, agora, é momento de entregar as chaves. Porém, antes uma etapa muito importante deve ser realizada: trata-se, então das vistorias através de aplicativo. Mas o que isso significa? 

A vistoria através de aplicativo é um documento que atesta se o imóvel é habitável, e regularmente é utilizado para a locação de casas ou apartamentos. Com isso, o corretor inspeciona cada detalhe da propriedade e anota tudo em um relatório.

Esta inspeção era realizada manualmente, mas hoje, graças a tecnologia, há vários aplicativos que auxiliam os corretores para etapa bastante importante. 

Conheça neste artigo, o porquê de realizar as vistorias através de aplicativo e o breve processo de como faze-las.

Por que fazer vistorias?

Antes de mais nada, a vistoria de imóvel deve ser prevista em contrato, portanto, este documento assegura tanto o proprietário como o inquilino sobre como está o imóvel no momento de início e final da locação. 

Geralmente é produzido um relatório que contém fotos de cada parte da propriedade. 

É imprescindível que nas imagens tenha bastante detalhe de cada cômodo, móvel, parede, janelas, portas, instalações hidráulicas e elétricas. Além disso, o documento deve conter as descrições escritas de cada área do imóvel.

É essencial que tudo seja documentado e entregue no momento da entrega das chaves. Vale ressaltar que é responsabilidade do corretor ou da imobiliária em redigir este documento, E, ainda falando em deveres, com a vistoria, o inquilino tem a obrigação de devolver o imóvel como encontrou.

Como fazer a vistoria?

Primeiramente, a imobiliária ou corretor poderá fazer a vistoria de imóvel por conta própria, mas caso prefira, poderá terceirizar o serviço, ou seja, contratar um profissional habilitado para fazer o laudo. 

Como dito no tópico anterior há áreas que devem ser analisadas antes da entrega das chaves. Aqui vão dicas básicas, mas que devem ser aprofundadas para uma vistoria completa. Confira:

  • Pintura: A área mais visível do imóvel. Analisar se a pintura está em boas condições, se é nova ou antiga. Antes da entrega das chaves, o proprietário deve renovar a tinta antes da locação
  • Revestimentos: Pisos e azulejos. Observar se há algum azulejo caído, rejunte faltando, piso mal encaixado, como está o nível do chão, etc.
  • Portas e janelas: Observar se as portas rangem, o estado das fechaduras e trincos, se os parafusos estão fixados, como está a vedação para impedir a entrada de água, por exemplo.
  • Parte elétrica: Uma das partes mais importantes a serem analisadas, sem dúvida. Verificar o estado dos fios, o funcionamento das lâmpadas e tomadas. Observar o quadro geral e testar cada disjuntor, assim saber se a energia geral da casa está bem funcionamento.
  • Parte hidráulica: Tão importante quanto a elétrica, é preciso vistoriar se há vazamentos. Um sinal bastante claro são os pontos mais escuros de tinta. Além disso, observar as válvulas é essencial. Assim como observar os esgotos e torneiras. 

Novamente, estas são dicas básicas. Claramente quando for realizada a vistoria do imóvel, todos estes pontos citados devem ser feitos de maneira minuciosa e bem detalhista. 

Não esquecendo de descrever e registrar cada parte no documento oficial. Válido destacar que esta verificação de todo o imóvel deve ser feita, preferencialmente, durante o dia. 

Assim, a luz do sol auxilia a ver toda a estrutura com mais clareza.

Vistorias de imóveis x tecnologia

Pois bem, agora que foi descrito o processo básico da realização da vistoria, é o momento de saber como redigir. 

Antes do advento da tecnologia, a vistoria era realizada completamente à mão no momento da análise. 

Em seguida, o corretor deveria se dirigir ao escritório e digitar todas as descrições e, ainda, transferir as fotos para o computador. 

Felizmente, este processo a cada dia que passa torna-se mais obsoleto, pois hoje, os aplicativos são verdadeiras ferramentas “mão na roda” que auxiliam o corretor e a imobiliária. 

Uma das principais vantagens, por exemplo, é que todas as imagens registradas já constam no aplicativo e, portanto, elas ficam guardadas na famosa “nuvem”. Com isso, o corretor pode utilizar as fotos em qualquer dispositivo além do celular. 

Como funciona a vistoria em um aplicativo

Esta etapa é bem simples.

Primeiro, é importante estar conectado a uma rede wi-fi, algo que existe em quase todo o tipo de imóvel. 

Ao chegar na propriedade, logicamente, acesse o aplicativo. Após realizar o login, basta tirar as fotos e colocar todas as descrições necessárias, assim como, preencher todo o checklist necessário. 

Inclusive, os textos são formados automaticamente, assim evitando eventuais erros. 

É válido lembrar que os aplicativos devem ser conectados ao CRM Imobiliário e todas as fotos já são automaticamente sincronizadas. Então, o corretor poderá acessar os arquivos específicos do imóvel no celular, tablet e computadores. 

A maior vantagem, certamente, de executar a vistoria através de aplicativo, é na hora da entrega das chaves, pois assim, evita qualquer desentendimento.  

Afinal as fotos e as descrições estarão lá, como prova do que ocorreu tanto no início quanto no final da locação. 

Portanto, como pode perceber, ter um aplicativo específico é a melhor e mais prática ferramenta para fazer várias vistorias. 

Conheça o WideSys Vistoriador

E para realizar a vistoria através de aplicativo, conheça o WideSys Vistoriador. 

Com design moderno e intuitivo, uma das principais funcionalidades é que ele pode ser operado off-line, ou seja, não há a necessidade de conectar à internet.

Além disso, o corretor pode criar modelos de vistoria. Isso tudo em uma interface completamente intuitiva e minimalista, portanto fazendo com que a navegabilidade seja fácil.

E acima de tudo, quando estiver on-line basta enviar todos os arquivos para o sistema de gestão. E assim, terá uma imobiliária digital. O WideSys Vistoriador tem planos que cabem no bolso e com milhares de vantagens.

Após baixar o aplicativo, é necessário ser um cliente WideSys Software Imobiliários. 

Conclusão

Neste artigo foi explicado um pouco do mundo das vistorias de imóveis. Graças ao advento da tecnologia, hoje, o corretor pode utilizar aplicativos que facilitam a forma de realizar esta etapa tão importante. 

Além disso, foi apresentado o WideSys Vistoriador que tem como objetivo ajudar o corretor e a imobiliária a passar pelo processo de vistorias por aplicativo, de forma muito mais simples. 

Ficou com alguma dúvida? Comente aqui abaixo.

Leia também:

O que levar em consideração quando for escolher um portal imobiliário?

Dicas para valorizar o imóvel para venda

Dicas para oferecer um atendimento rápido na sua imobiliária

Leave a Comment

Your email address will not be published.

You may use these HTML tags and attributes: <a href=""> <abbr> <acronym> <b> <blockquote cite=""> <cite> <code> <del datetime=""> <em> <i> <q cite=""> <strike> <strong>

Entre em contato conosco