O que é necessário para se tornar um corretor de imóveis? Entenda agora!

Com o desenvolvimento do mercado imobiliário, muitas pessoas demonstram interesse na profissão de corretor imobiliário. Esse profissional é o responsável por aproximar o vendedor e o comprador em uma intermediação imobiliária. 

Mas, o que é necessário para ser corretor de imóveis? Antes de ingressar nessa carreira, é importante que você conheça os requisitos da área, cursos exigidos e principais diferenciais de um corretor de sucesso. Confira a seguir!

O que é necessário para se tornar um corretor de imóveis

O que faz um corretor de imóveis?

Antes de falarmos sobre como virar corretor de imóveis, vamos te explicar com mais detalhes sua função. 

Como citamos logo acima, se trata do profissional responsável por intermediar a negociação de compra e venda ou locação de imóveis residenciais ou comerciais. É ele quem aproxima o vendedor do comprador de uma propriedade. 

Intermediar a negociação

Uma das funções de um corretor é fazer a mediação entre o proprietário e o comprador, durante as negociações de compra ou locação de um imóvel. 

Nesse contexto, o corretor deve prestar atenção nas condições estabelecidas pelo vendedor, já que ele precisa atender as preferências do locatário ou comprador.

Informar o comprador

Ao longo de todo o processo de compra, venda ou locação de imóveis, é dever do corretor responder todas as questões levantadas pelo locatário ou comprador. 

Assim, o profissional deve estudar o imóvel para transmitir as informações necessárias ao cliente. Na prática, o corretor deve ser capaz de tirar dúvidas sobre as condições do apartamento ou casa, localização e outros aspectos.

Ajudar na papelada

Auxiliar nos documentos é uma importante função do corretor. Afinal, essa tarefa é um tanto complexa, seja para o comprador, locatário ou proprietário. Por isso, todas as partes precisam de uma ajuda nesse quesito. 

Dessa forma, é responsabilidade do profissional explicar aos envolvidos como os trâmites burocráticos funcionam — documentos necessários para a negociação.

Como se tornar um corretor de imóveis?

Como se tornar um corretor de imóveis

Agora que você já sabe o que faz um corretor imobiliário, podemos explicar o que é necessário para ser corretor de imóveis.

Em geral, é preciso ter o Ensino Médio completo e um curso técnico ou graduação relacionada ao setor. 

Entre as formações exigidas, podemos destacar a de Ciências Imobiliárias, Gestão Imobiliária, Negócios Imobiliários ou TTI (Técnico de Transações Imobiliárias). 

Além disso, é necessário ter um registro no CRECI (Conselho Regional de Corretores de Imóveis). Detalharemos essas exigências nos tópicos a seguir.

TTI: Curso técnico de transações imobiliárias

Um curso para corretor de imóveis é fundamental para ingressar nessa carreira e atuar na profissão. Entre as formações exigidas, a mais comum é o TTI. Trata-se de uma formação de nível médio, recomendada para todos os interessados em atuar no ramo imobiliário.

Esse curso tem duração de 4 a 12 meses, de acordo com a instituição educacional que oferece a formação. Além disso, o estudante pode escolher entre cursar na modalidade presencial ou à distância — EaD. 

Na forma presencial, o aluno deve ir à instituição escolhida para assistir às aulas em horários definidos. 

Na modalidade EaD, o estudante não precisa se deslocar para assistir Às aulas, já que a participação é online e o estudo pode ser feito nos horários e dias que melhor se encaixar em sua rotina. As disciplinas abordadas variam conforme a instituição, mas em geral são:

  • Comunicação e Expressão em Língua Portuguesa;
  • Relações Humanas e Ética;
  • Economia e Mercado;
  • Matemática Financeira;
  • Desenho Arquitetônico e Noções de Construção Civil;
  • Direito e Legislação;
  • Operações Imobiliárias;
  • Organização Técnica Comercial e Marketing.

Como boa parte dos estudantes de TTI já finalizaram o Ensino Médio e trabalham em algum setor do mercado, a modalidade EaD costuma ser a mais escolhida. 

Depois de terminar o curso, é necessário fazer o registro no CRECI da cidade em que vive para começar a trabalhar no ramo imobiliário.

CRECI

CRECI

Da mesma forma que é importante fazer o curso em TTI, é indispensável se registrar no CRECI para atuar como corretor de imóveis. 

O Conselho Regional de Corretores de Imóveis é o órgão que fiscaliza e orienta a profissão de corretor. Ter um registro ativo junto ao órgão significa que o profissional está em dia com suas obrigações para exercer suas atividades. 

Dessa forma, os clientes têm a garantia de que estão sendo atendidos por um corretor ético e eficiente. 

Caso o corretor não tenha feito o registro no CRECI, ele precisará do suporte de outro profissional registrado para realizar os processos inerentes às transações imobiliárias. Então, ter o registro também gera mais autonomia para o corretor. 

Software Imobiliário Widesys

Dicas para se tornar um corretor de imóveis de sucesso

Viu o que é necessário para ser corretor de imóveis? É claro que fazer cursos e se registrar no CRECI são fundamentais, mas não são tudo o que você precisa para se tornar um corretor de sucesso. Confira mais dicas para obter êxito na profissão abaixo.

Invista em cursos 

Apesar de não ser a única forma de ter sucesso como corretor, investir em formação técnica é indispensável. Como te mostramos mais acima, o curso de TTI é o mais indicado para quem deseja ingressar no mercado imobiliário como corretor. 

Além dessa formação, é importante fazer estágios para se familiarizar com a rotina de um corretor. Trata-se de uma excelente oportunidade para ganhar experiência antes de entrar de vez para o mercado. 

Para conseguir o estágio, é preciso solicitar junto ao CRECI. Basta preencher o requerimento e pagar as taxas necessárias. 

Também você deve estudar sobre os contratos e leis imobiliárias ativas no mercado. Afinal, além de ser um corretor, você é um consultor e precisa ter as informações necessárias “na ponta da língua” para repassá-las aos clientes, sempre que possível. 

Procure se especializar sobre as características de contratos de compra, venda e aluguel de imóveis e outros documentos imobiliários. Atente-se ao código de ética do ramo, bem como às leis imobiliárias — lei do inquilinato.

Marketing Digital 

Outro fator que é preciso para ser corretor de imóveis é o Marketing Digital. Todo profissional deve ter uma identidade visual bem estabelecida. Essa é uma ótima forma de se destacar no mercado e construir uma carreira sólida. 

Por isso, além de investir no marketing tradicional — panfletos, outdoors etc — é importante apostar no marketing digital imobiliário. Com os avanços tecnológicos, o mercado vem se expandindo e se tornado mais digital.

Hoje, é uma exigência que as páginas de compra, venda e locação de imóveis tenham vídeos, tours virtuais e fotos 360º das propriedades. Nesse contexto, é essencial que os corretores também marquem presença online, nas redes sociais ou em sites próprios.

Com as mídias digitais, as chances de conseguir captar contatos e transformá-los em clientes são bem maiores. Então, crie sua estratégia e aposte em ferramentas que te ajudarão a impulsionar sua carreira. 

Utilize a tecnologia a seu favor 

Mais um fator que é necessário para ser corretor de imóveis é a tecnologia. Ser um corretor imobiliário atualmente não é mais a mesma coisa que há 20 anos, por exemplo. Hoje, os profissionais não precisam mais ir de “porta em porta” para conquistar clientes e imóveis.

Com os notebooks, smartphones, tablets e outros dispositivos, boa parte desse trabalho pode ser feito remotamente. Sendo assim, quem está começando no setor precisa estudar os recursos disponíveis para tirar o máximo proveito de suas vantagens. 

Criar um site profissional é uma grande facilidade no dia a dia de qualquer corretor de imóveis. Isso ajuda a encontrar imóveis e novos clientes mais rapidamente.

Tenha um atendimento personalizado

Por fim, mas não menos importante, oferecer um atendimento personalizado está diretamente relacionado a como ser corretor de imóveis de sucesso. Para isso, é necessário investir na sua apresentação e em uma boa estratégia de vendas

Quanto à apresentação, não é novidade que a primeira impressão é a que fica. Portanto, o corretor deve transmitir uma aparência harmônica, se vestir bem, manter a higiene pessoal  e se apresentar sempre com um sorriso acolhedor. 

Também deve-se prestar atenção na postura; transmitir autoconfiança e se posicionar com firmeza e clareza. Entretanto, não é só de aparências que se fecha um bom negócio. 

Dessa forma, você também precisa de uma boa estratégia de vendas para atrair o cliente. Reserve um tempo para estudar técnicas de vendas e ferramentas que te ajudarão a captar mais contatos.

Diferentes profissionais possuem estratégias distintas, pois seu modo de atuação e público-alvo muda. Então, também é importante que você estude seu nicho de atuação para, só depois, se aperfeiçoar nas técnicas de vendas. 

Quando conseguir isso, esse será seu maior diferencial no mercado. Um ótimo atendimento também interfere nos resultados. Seja cordial, atencioso com os clientes, e esteja sempre disponível para tirar suas dúvidas sobre os empreendimentos. 

Para se tornar um corretor de imóveis de sucesso, confira as soluções que a Widesys possui para você!

Conclusão

Neste artigo, você aprendeu o que é necessário para ser corretor de imóveis de sucesso. Viu que é importante investir em formação, se registrar no CRECI, além de conhecer as principais funções desse profissional. 

Para se tornar um corretor bem sucedido, não se esqueça de seguir as orientações que mostramos por aqui. Com isso, estará preparado para enfrentar qualquer desafio do mercado.

Leave a Comment

Your email address will not be published.

You may use these HTML tags and attributes: <a href=""> <abbr> <acronym> <b> <blockquote cite=""> <cite> <code> <del datetime=""> <em> <i> <q cite=""> <strike> <strong>

Entre em contato conosco