Como vender imóveis pela internet: dicas incríveis

É fato que a internet tornou a venda de imóveis muito mais intuitiva e segura. Tudo o que envolvia movimentação das partes, vários contratos e registros de papel hoje se tornou automatizado e simples. 

Descobrir um imóvel à venda, perfeito para você, é muito fácil e intuitivo. Vender um imóvel para a pessoa certa também. Com alguns cliques e uma visita, se fecha um negócio.

Nesse sentido, é fundamental entender melhor como vender imóveis pela internet e quais são as boas práticas quando falamos nisso. Assim, o corretor ou a imobiliária podem aproveitar as possibilidades revolucionárias criadas pela grande rede e vender mais. 

Por outro lado, existem também os riscos e as más práticas a se evitar. O ideal é conhecê-las e estudá-las da mesma forma. 

Se não deseja problemas e falhas nas suas estratégias, busque estar alinhado com as dicas que vamos mencionar.

Dicas de como vender imóveis pela internet 

Vamos conferir agora as melhores dicas para vender imóveis pela internet. 

Criar um site imobiliário

Vendas na internet requerem uma estratégia de marketing e uma otimização específica para esse ambiente. Se para vender produtos físicos em uma região, você precisa de um estabelecimento, para vender na web, você precisa de um site.

O site é basicamente o compêndio de imóveis a serem exibidos em vitrines virtuais, com a possibilidade de contato direto caso haja o interesse de alguém. Dessa maneira, você facilita para o consumidor e torna a experiência mais satisfatória.

Um bom site é uma boa opção para ser encontrado, inclusive. Ao trabalhar com as estratégias corretas de SEO, por exemplo, você será indicado pelo Google a quem estiver procurando por imóveis.

É importante que o site siga algumas boas práticas: esteja otimizado para mobile, seja ágil, seja bem estruturado, apresente os imóveis com informações completas, seja fácil de usar e permita começar o processo de venda.

Ou seja, antes de tudo, é necessário mapear todo o processo para definir quais etapas serão executadas no site e quais etapas serão desenvolvidas apenas posteriormente, no contato direto. 

criar um site imobiliário

Utilize as redes sociais 

As redes sociais são os espaços onde o seu cliente está para interagir com outras pessoas. Por isso, invista em um trabalho forte nesses canais a fim de atrair a atenção e o engajamento dos seus clientes.

É interessante fazer um mix de conteúdo educativo/interessante e um canal para atendimento aos seus clientes. A equipe pode sempre linkar para o site, de modo a estimular as pessoas a buscar mais informações.

Na hora de escolher as redes para estar, seja cauteloso. O ideal é estar presente em vários canais, mas exclua aqueles em que seu público não está. Então, crie uma estratégia específica para cada canal.

É fundamental saber como adaptar a linguagem para a rede e saber quais são os limites em cada uma. 

Se for no Instagram, por exemplo, a estratégia pode incluir fotos dos imóveis e links para o site. É bom também criar promoções e ofertas específicas para os usuários de lá, de modo a estimular o engajamento.

Entenda, sobretudo, que o ambiente das redes é mais informal e mais amigável. Então, não é uma boa prática tentar ser incisivo e enfático demais para forçar vendas. 

O melhor a se fazer é levar o cliente a outro ambiente mais propício, como o site ou até um meio de mensagem instantânea para contato com o vendedor. 

Landing Pages

Uma landing page é um site simples e rápido, cujo objetivo é primariamente levar o cliente a uma ação premeditada. 

Assim, todo o estudo sobre a página é feito com esse intuito: melhorar o design para atrair o clique, simplificar as informações, desenvolver o copy para convencer melhor as pessoas e mais.

Por isso, LPs são uma ótima arma para usar em suas estratégias para vender imóveis pela internet. Use as LPs para oferecer algo em troca do contato do cliente, como um material específico de conteúdo sobre imóveis ou alguma oferta especial.

A grande vantagem das landing pages é que a empresa consegue o contato direto com o cliente, visto que ele precisa preencher um formulário. Então, é possível começar um relacionamento.

Boa descrição com vídeos e imagens de qualidade

A internet trouxe uma maior disrupção para as negociações de imóveis, porém gerou uma nova necessidade: transparência. Ou seja, quanto mais informações de qualidade você passar ao cliente, maior confiança você conquista.

Isso é traduzido em descrições e em informações claras divulgadas em seu site. A vitrine de produtos deve estar cheia de dados ricos que permitem ao comprador tomar a melhor decisão e entender se aquele item em questão é o ideal para ele.

Então, para vender imóveis na internet, descreva com profundidade: endereço, aspectos técnicos, questões referentes aos contatos e aos aspectos legais, bem como imagens e vídeos.

Aliás, precisamos reforçar esses dois últimos pontos. As imagens cumprem um papel específico, pois são responsáveis por um nível mais alto de imersão da pessoa naquele imóvel escolhido. 

Elas percebem como é o local, com as características, o tamanho e a beleza estética geral.

Evidentemente, uma visita é necessária para confirmar certas suspeitas e melhorar a certeza sobre a escolha, mas as fotos já dão um pontapé inicial e já servem como um filtro de pessoas interessadas ou não.

Os vídeos vão ainda mais além e propiciam uma compreensão maior de tamanho e beleza, com uma imersão aprofundada — como se o cliente estivesse lá realmente. 

Além disso, é uma estratégia interativa para mostrar os imóveis que, certamente, vai render o engajamento do comprador.

Pense sempre na qualidade dessas fotos e vídeos, pois o importante é garantir o máximo de clareza para o cliente.

redes sociais

Marketing Imobiliário 

O marketing imobiliário é, na verdade, um conjunto de técnicas e estratégias que você deve adotar para melhorar suas vendas. Para entender como vender imóveis pela internet do jeito certo, é preciso passar por essas dicas.

Elas incluem as abordagens do marketing digital voltadas para o mercado imobiliário

Podemos mencionar: 

  • a criação de conteúdos especializados para engajar e converter visitantes em clientes; 
  • e-mail marketing; 
  • anúncios direcionados nas redes e em sites; 
  • mobile marketing;
  • comunicação via bots, pelo site ou por canais de atendimento.

Vamos, inclusive, aprofundar esses pontos logo em seguida neste texto. Contudo, é importante nesse momento frisar a importância de pensar em uma estratégia unificada, coerente e estruturada. 

Isso significa que a equipe deve pensar como o marketing como ações complementares, e não como táticas isoladas. Os objetivos devem ser os mesmos e deve haver uma convergência para garantir a integração dos esforços.

Isso também implica que a sua empresa vai se posicionar de uma forma unificada em todos os canais, em todas as estratégias que desenvolve. 

Produza conteúdos 

Ok, vamos destrinchar os pontos que mencionamos. O primeiro é o conteúdo.

O marketing de conteúdo é um dos grandes pilares do marketing digital atualmente, justamente por seus resultados bombásticos e consistentes. 

Ele é capaz de transformar a comunicação da empresa em uma máquina de gerar vendas, mesmo sem uma abordagem direta de vendas.

Consiste em criar um blog, com publicações sobre o assunto relacionado ao que se vende, para gerar valor, educar, engajar e converter as pessoas. Os conteúdos existem sempre com o intuito de gerar uma ação, estimular o próximo passo em uma jornada.

Assim, a cada conteúdo você garante que o cliente tenha menos dúvidas sobre aquilo que quer comprar e esteja confiante de sua decisão de compra. É um processo de convencimento natural e trabalhado.

O marketing de conteúdo também pode envolver outros canais, como as redes sociais e o e-mail. O importante é sempre o foco na comunicação, e não somente no produto. Assim, a empresa assume uma voz consultiva, de conselheira.

Por exemplo, no setor de imóveis o conteúdo de qualidade assume diversas facetas. Pode ensinar questões do dia a dia sobre como comprar um imóvel ou como escolher o imóvel certo. 

Ao final de cada post, o cliente sairá com uma informação útil para seu processo de compra e certo de uma decisão que o levará mais próximo da decisão final. 

E-mail marketing 

Outra das táticas que mencionamos é o e-mail marketing. É uma estratégia de comunicação que foca no e-mail como canal principal para ajudar a vender imóveis pela internet. 

Dessa maneira, desenvolve formas de atrair a atenção, educar e convencer nas caixas de entrada dos seus clientes.

Uma das funções é a nutrição. Consiste em educar o cliente e esclarecer suas dúvidas acerca da empresa e da decisão de compra para prepará-lo para o momento final. 

O e-mail marketing é marcante por ser um canal mais próximo e direto. É como alguém da equipe falando diretamente com o cliente, sem intermediários.

Por isso, é muito útil para ofertas e promoções diversas, apresentando imóveis ajustados com o que a pessoa procura, por exemplo. 

Remarketing 

Já o remarketing é uma poderosa tática que pode ajudar a resgatar pessoas que já demonstraram interesse em um produto (no caso, um imóvel). Trata-se de um marketing direcionado para alguém que já começou a interação.

Assim, você reativa o relacionamento e garante que os clientes não esqueçam da oferta inicial. 

produzir conteúdos

Na Widesys você encontra as melhores soluções para imobiliárias e corretores imobiliários! 

Confira!

Conclusão

Como vimos neste conteúdo, é fundamental entender como vender imóveis pela internet para conseguir sucesso nesse mercado. Afinal, a web hoje é uma das principais praças de negociações no setor imobiliário.

Nesse sentido, oferecemos a você boas práticas. O ideal é seguir essas dicas e investir nelas para reforçar sua estratégia e depois aproveitar os bons resultados. 

Leave a Comment

Your email address will not be published.

You may use these HTML tags and attributes: <a href=""> <abbr> <acronym> <b> <blockquote cite=""> <cite> <code> <del datetime=""> <em> <i> <q cite=""> <strike> <strong>

Entre em contato conosco